Smartfarmer

Potenciar a agricultura através da proximidade

A Fundação Vodafone e a Oikos – Cooperação e Desenvolvimento, desenvolveram, em parceria, a plataforma Smartfarmer, que permite aos consumidores comprar produtos agroalimentares diretamente no produtor.

A Smartfarmer é uma plataforma digital que tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento rural e o crescimento económico local, bem como potenciar os circuitos agroalimentares e mercados de proximidade.

Esta plataforma, que pode ser acedida através de computador, tablet e ainda de uma aplicação para telemóvel, disponibiliza várias funcionalidades, tais como:

  • Efetuar a compra e venda de produtos e serviços agroalimentares;
  • Organizar a logística de distribuição, permitindo que os consumidores e produtores decidam as modalidades de entrega do produto;
  • Agregar a oferta e a procura por critérios de proximidade física;
  • Disponibilizar cabazes de produtos para a diáspora (mercado da saudade) e pacotes de turismo;
  • Possibilitar vendas e compras através de leilões eletrónicos;
  • Receber notificações no telefone, por parte do produtor, das encomendas que lhe forem solicitadas;
  • Permitir a transparência relativa ao local de origem e ao modo de produção e certificações dos produtos;
  • Fornecer a geolocalização de produtores, consumidores, prestadores de serviços e mercados físicos de proximidade;
  • Disponibilizar ferramentas que permitirão aos produtores desenvolverem microsites próprios;
  • Dar ao produtor informação sobre o preço médio dos produtos dentro do Smartfarmer e no mercado;
  • Disponibilizar o serviço de faturação, emissão de notas de encomenda e guias de transporte e emissão de ficheiros para comunicação às Finanças;
  • Os consumidores terão a possibilidade de avaliar cada ato de compra, personalizar as suas preferências de compra e receber alertas no telemóvel;
  • Efetuar a agregação de oferta e da procura, permitindo a consumidores coletivos, como por exemplo instituições de restauração coletiva pública (como cantinas de hospitais, de Câmaras Municipais, etc.) ou privada (restaurantes, cantinas de instituições de solidariedade, etc.) adquiriram produtos em grande quantidade, mesmo que estejam sujeitos às regras de contratação pública.

A plataforma Smartfarmer está disponível desde agosto de 2016.