Vodafone

Reporting

A convicção de que o desenvolvimento de práticas eficazes e inovadoras de Responsabilidade Social não representa apenas um dever, mas se assume como um pilar estruturante da personalidade das Empresas e do seu posicionamento perante a Sociedade e os diversos Stakeholders está claramente patente nos Relatórios de Responsabilidade Social publicados desde 2003 pela Vodafone Portugal.

Os Relatórios de Responsabilidade Social são verificados por uma entidade independente de reconhecida credibilidade, que avalia os processos de recolha, tratamento, validação e reporte dos principais dados ambientais e sociais apresentados no documento, assim como o grau de realização dos compromissos assumidos.

O mais recente relatório de Responsabilidade Social da Vodafone Portugal abrange o período de 1 de Abril de 2012 a 31 de Março de 2013. O documento foi elaborado de modo a observar as directrizes do nível A+ do Global Reporting Initiative (GRI G3) e em conformidade com os princípios de Inclusão, Relevância e Capacidade de Resposta definidos pela norma AccountAbility 1000 Principles Standard (AA1000 APS-2008). Estes princípios encontram-se espelhados na estratégia seguida pela Vodafone Portugal em termos de Sustentabilidade, bem como nos conteúdos do Relatório.


Os relatórios de Responsabilidade Social incluem os aspectos ambientais e sociais que a Vodafone Portugal considera como materialmente relevantes, assim como outros que, não o sendo, têm impacto na Sustentabilidade do negócio. Os critérios em que assenta a metodologia de classificação dos vários aspectos identificados como relevantes são:

    • Impacto na Sociedade e no Ambiente
    • Impacto financeiro e na reputação da Empresa
    • Nível de preocupação e interesse demonstrados pelos Stakeholders directamente envolvidos no negócio.

Os aspectos considerados materialmente relevantes são adaptados às dinâmicas da Vodafone Portugal e do mercado, ponderando-se para o período de reporte do presente relatório os seguintes elementos:

    • Reciclagem e reutilização dos telefones móveis
    • Consumos de energia e alterações climáticas
    • Desenvolvimento da rede, telefones móveis, estações-base e saúde
    • Acesso a conteúdos
    • Serviços subcontratados
    • Produtos para a inclusão social e Responsabilidade Social na cadeia de valor

Para uma análise mais detalhada sobre a Metodologia de Classificação dos aspectos materiais, poderá consultar o Anexo III do Relatório de Responsabilidade Social da Vodafone Portugal.