Skip to content

Observatório das Empresas

5G

Como é que o 5G vai melhorar o nosso dia a dia?

Nell Lewis e Samuel Burke, CNN Business

Barcelona (CNN Business) - Em Barcelona, todos falam acerca do 5G.

Em fevereiro reuniram-se 100 000 pessoas na cidade espanhola para o Mobile World Congress, a reunião anual da indústria, tendo a próxima geração de redes móveis assumido o papel principal.

Tal não se limita apenas às suas velocidades super-rápidas, o 5G criará uma onda de desenvolvimentos que irão mudar o nosso dia a dia.

"O 5G terá um impacto enorme na vida das pessoas", afirma Laila Worrell, CEO da Altran North America, uma empresa de engenharia de alta tecnologia. "Vamos assistir a um grande avanço na qualidade de vida que o 5G pode oferecer aos indivíduos".

Automóvel do modelo iNEXT da BMW

O próximo modelo iNEXT da BMW deve chegar ao mercado em 2021.

5G e carros autónomos

Para começar, existe a parte que influencia as suas viagens de carro. Os carros autónomos estão no radar há algum tempo, mas com uma rede 5G podem tornar-se realidade.

Os intervenientes da indústria afirmam que 5G pode ser 100 vezes mais rápido que o 4G e que um grande número de dispositivos será capaz de se conectar à rede simultaneamente. Isso permitirá aos veículos comunicar entre si em tempo real: saberão quando outro carro está a mudar de faixa ou a travar, e poderão ajustar-se para gerir o trânsito adequadamente.

O BMW iNEXT, um SUV elétrico que deve chegar ao mercado em 2021, está equipado com sensores que recolhem e processam os dados do espaço circundante ao carro.

Este carro examina permanentemente a estrada ao seu redor e envia informações relevantes para a nuvem, gerando um verdadeiro mapa em tempo real que é transmitido a todos os outros carros.

afirmou Christoph Grote, vice-presidente sénior de eletrónica da BMW a Samuel Burke da CNN.

Colmeia de abelhas

Até as abelhas irão beneficiar do 5G.

5G e abelhas

Os benefícios do 5G não ficam por aí. A rede também pode ter impactos ambientais quando usada em agricultura inteligente.

David Houghton, Diretor Geral da Asset Tracking Solutions da NimbeLink, diz à CNN como o 5G e a Internet of Things podem ajudar a proteger as abelhas e, por sua vez, o abastecimento mundial de alimentos.
"As colmeias são valiosas e, como tal, têm procura. Assim, os apicultores necessitam de protegê-las. Para tal, usam equipamentos para rastrear ativos de forma a monitorizar a saúde da colmeia", afirma.

A NimbeLink, em parceria com a The Bee Corp, desenvolveu um sistema de rastreamento e gestão de colmeias no qual dados essenciais como a temperatura, humidade, movimento e localização são recolhidos por sensores e podem ser retransmitidos para análise.

Automóvel do modelo iNEXT da BMW

Na Mobile World Congress já todos falavam do próximo grande desenvolvimento, o 6G.

O futuro

É claro que, à medida que percebemos o que o 5G pode fazer, os cientistas já estão a trabalhar na próxima grande novidade.

"O 5G é bom, mas o 6G é melhor", afirma Ari Pouttu, professor de ciências da Universidade de Oulu, na Finlândia.

Prevendo-se o seu lançamento em 2030, o 6G será um desenvolvimento para além do smartphone. "Deitemos fora os smartphones e pensemos em como os humanos interagem com a infraestrutura", afirma Pouttu. "Poderá ter superfícies inteligentes com eletrónica incorporada, óculos inteligentes para que possa ter dispositivos em todos os lugares.”

Assim, fique atento.

 

Em associação com

cnn-business