Skip to content

Vodafone Ethernet Connect

Uma rede privada à medida da sua empresa

Uma ligação privada, segura e permanente entre os recursos da sua empresa como se estivessem ligados a uma única rede local (LAN). A sua empresa usufrui, numa escala maior (WAN), das vantagens e funcionalidades que tem na sua LAN.

Vantagens para o seu negócio

Ligações eficientes e seguras

Os recursos da sua empresa são usados de forma mais produtiva, como se estivessem ligados à mesma rede local, com toda a segurança.

Controlo da arquitetura IP

Pode configurar a arquitetura IP da sua empresa, o endereçamento de rede e as tabelas de roteamento de tráfego, com total liberdade.

Controlo de rede

O serviço adapta-se ao crescimento da empresa: defina a arquitetura, junte novos locais à rede e aumente a largura de banda, de 10 Mbps a 1 Gbps.

Adaptável e flexível

A sua rede caminha rumo a uma infraestrutura suportada em Ethernet, com diversos protocolos: ponto-a-ponto, full mesh ou hub and spoke.

Liga centros de dados

Esta solução é ideal para interligar data centers redundantes, geograficamente afastados e inseridos em clusters de alta disponibilidade (disaster recovery).

Qualidade da rede e apoio técnico

A nossa rede usa tecnologia de última geração. O apoio técnico é especializado e está disponível todos os dias, a qualquer hora.

Como funciona

Arquitetura de Rede

A solução Vodafone Ethernet Connect segue as recomendações do MEF (Metro Ethernet Forum), cumprindo os requisitos definidos para a prestação de serviços de Carrier Ethernet:

  • Utiliza equipamentos certificados pelo MEF.
  • Disponibiliza topologias de ligação de acordo com as definições do MEF.

UNI (User-Network Interface)

Ponto físico entre a rede que é da responsabilidade do operador de telecomunicações e a rede que é da responsabilidade do cliente; é o interface físico do CPE (Customer Premises Equipment), para ligação ao CE (Customer Equipment).

EVC (Ethernet Virtual Connection)

Ligação entre duas ou mais UNI, que permite a transferência de Ethernet Frames entre estas e evita a transmissão de dados entre UNI que não fazem parte do mesmo EVC.

CE (Customer Equipment)

Equipamento na rede interna do cliente, da sua responsabilidade.

CPE (Customer Premises Equipment)

Equipamento nas instalações do cliente, gerido pela Vodafone.

Topologias de rede

As topologias disponíveis seguem as especificações do MEF (Metro Ethernet Forum).

EPLINE (Ethernet Private Line)

Serviço que utiliza uma única EVC ponto-a-ponto para ligar duas UNI (Port-Based). Funciona como um circuito privado, ideal para garantir a conectividade entre edifícios centrais de uma organização.

EVPLINE (Ethernet Virtual Private Line)

Serviço que, numa única UNI, permite configurar várias EVC ponto-a-ponto para ligar a uma ou mais UNI (VLAN-Based). Tem uma conectividade do tipo hub-and-spoke (ligação em estrela), ideal para redes ramificadas, em que o tráfego entre spokes só é possível através do hub.

EPLAN (Ethernet Private LAN)

Serviço multiponto-multiponto que interliga 3 ou mais UNI (Port-Based), permitindo apenas uma EVC. Exemplo de utilização: VPN Layer 2 entre vários locais, com tráfego partilhado por todos, sem diferenciação dos tipos de pacotes transmitidos.

EVPLAN (Ethernet Virtual Private LAN)

Serviço multiponto-multiponto que permite a utilização de mais do que uma EVC numa ou mais UNI (VLAN-Based). Exemplo de utilização: VPN Layer 2 entre vários locais, com tráfego partilhado por todos, com diferenciação dos tipos de pacotes transmitidos e possibilidade de definir que locais é que recebem cada tipo de informação.

Tarifário

Solução desenhada à medida. Fazemos um orçamento a pensar nas necessidades do seu negócio

Precisa de acesso dedicado à internet com soluções de segurança?

Com o Net Premium dispõe de um acesso dedicado à Internet, com velocidade de alto débito e sem contenção.